Controle de estoque para revenda de gás: Como fazer?

Controle de estoque para revenda de gás: Como fazer?

Toda empresa que trabalha com vendas de produtos, como as lojas de roupas, de materiais de construção ou então uma distribuidora de gás, precisa ter uma excelente organização de seu estoque de mercadorias. O controle de estoque para revenda de gás, por exemplo, é parte fundamental do processo de vendas das distribuidoras, evitando que elas se percam durante suas operações.

Mas, como é feito o controle de estoque para revenda de gás e de que forma as empresas desse ramo podem melhorar essa organização, garantindo que o estoque seja estruturado e controlado? Bom, é isso que falaremos nesse artigo.

Importância do controle de estoque para revenda de gás

Importância do controle de estoque para revenda de gás

Primeiramente, é interessante destacar a importância que o Controle de estoque para revenda de gás tem para as distribuidoras.

Como sabemos, o trabalho das empresas de distribuição de gás é muito importante para a população, pois estamos falando de itens essenciais no dia a dia, como o gás de cozinha.

Entretanto, também é importante relembrar que o gás de cozinha é um elemento altamente inflamável, e que precisa ser cuidado para que não ocorram acidentes com esses itens, como explosão do gás de cozinha do estoque das distribuidoras.

Para que isso não aconteça, existe toda uma regulamentação do setor que determina a forma como as distribuidoras devem organizar seu estoque, fazendo o isolamento desses elementos, mantendo uma distância pré-determinada de outros espaços, como o setor administrativo das revendedoras.

Ainda, outra parte da regulamentação que é fundamental destacar, é sobre a quantidade de botijões de gás de cozinha que pode estar presente no estoque. Você pode ver de forma mais concreta essa regulamentação no link a seguir, mas, de modo geral, as distribuidoras são classificadas por classes.

Dessa forma, quando uma empresa de revenda de gás for ser instaurada, ela precisa determinar com qual classe se encaixa, seguindo as normas estabelecidas pelas responsabilidades do setor. No total, são 7 classes e uma especial.

Cada classe possui alguns atributos que as determinam quais são. Um desses atributos, é sobre a capacidade de armazenamento de gás LP, ou seja, o estoque de gás de cozinha das distribuidoras. Nesse quesito, são determinados quantos kg de gás de cozinha podem conter no estoque e o total de itens individuais do gás, que normalmente são os gás GLP de 13 kg.

Dessa maneira, a distribuidora precisa, obrigatoriamente, estar de acordo com a sua classe indicada, possuindo uma pesagem máxima de gás de cozinha em seu estoque, não podendo ter um item a mais. Caso a empresa descumpra com essa regulamentação, ela pode estar sujeita a intervenções das responsabilidades, que podem levar, inclusive, ao fechamento da empresa.

Falta de controle definido

Falta de controle definido

Como vimos, é obrigatório que as distribuidoras de gás possuem uma quantidade específica de botijões em seus estoques, sem poder com um item a mais no armazenamento. Esse é um ponto de partida importante para entender o que uma falta de Controle de estoque para revenda de gás bem definido poderia gerar para as empresas.

Além das questões jurídicas, que poderiam acontecer com as distribuidoras se elas não realizassem o Controle de estoque para revenda de gás da forma adequada, deixando ultrapassar o limite estabelecido de gás de cozinha para a sua classe, outros diversos problemas podem atrapalhar o andamento das empresas quando esse controle não é bem definido.

Claro, outro ponto importante é em relação às finanças das distribuidoras. Controlar o estoque é fundamental para que as empresas saibam exatamente todos os itens que estão sendo vendidos, quando isso aconteceu, o cliente que adquiriu, o valor da transação, etc.

Essa parte do processo é fundamental para a dinâmica de controle, pois reflete no relatório mensal das contas das distribuidoras. Para entender isso, basta verificar o exemplo a seguir: uma distribuidora vendeu um gás de cozinha para um cliente, mas não retirou esse elemento da lista de seu estoque. Posteriormente, a empresa foi fechar suas contas mensais e notou que um botijão estava faltando e não havia nenhum registro de venda. 

Nessa situação, certamente os funcionários da empresa teriam de quebrar a cabeça para entender o que está acontecendo, se aconteceu ou não essa venda, se o item se perdeu, se foi retirado da loja de forma devida, etc.

Dessa forma, a distribuidora está sujeita, inclusive, a fraudes, pois sem esse Controle de estoque para revenda de gás, pode passar despercebido a falta de um elemento, que pode ter sido retirado de forma indevida até mesmo por um funcionário, que obviamente não registraria no estoque da loja.

Por isso, é sempre importante verificar como está a organização de estoque, observando quais itens foram vendidos e retirados do armazenamento diariamente, evitando que aconteçam erros de contagem, fraudes e prejuízos que dificultem a continuidade das atividades das distribuidoras.

Como fazer esse controle de estoque para revenda de gás?

Como fazer esse controle de estoque para revenda de gás?

Bom, entendemos a importância do Controle de estoque para revenda de gás e o que a falta de um controle definido pode gerar para as distribuidoras. Agora, é importante destacar como as distribuidoras podem fazer para que esse controle seja o mais qualificado possível.

Nas últimas décadas, o principal artefato de controle utilizado pelas distribuidoras eram as planilhas de computadores, que permitiam que as distribuidoras anotassem os pedidos e registrassem as vendas e os itens que foram retirados do estoque. Porém, como você pode ver no artigo a seguir, a utilização de planilhas se tornou ultrapassada, principalmente por não ser tão prática e estar sujeita a perda de arquivos e fraudes.

Atualmente, a forma mais qualificada e moderna que as distribuidoras têm para organizar seus estoques, é utilizando um software para revenda de gás. Mas o que é isso?


Bom, esses softwares são tecnologias que permitem uma maior otimização dos processos das empresas de revenda de gás, de forma totalmente integrada com todos os setores internos das empresas.

Um programa de revenda de gás pode ter diversos atributos e ferramentas, tais como:

  • Realização de planilhas;
  • Produção de relatórios;
  • Registro dos pedidos;
  • Atendimento;
  • Controle das vendas;
  • Controle do estoque;

Em relação ao Controle de estoque para revenda de gás, o software atua de forma consistente para que o estoque seja o mais organizado possível, e totalmente integrado. Com esses programas, o funcionário pode rapidamente registar o pedido realizado e retirar o item que foi vendido da lista do estoque, de forma simples, rápida e organizada.

É importante destacar que, nesse sentido, o software realiza todo o trabalho. Basta você registrar o item que foi vendido, que ao mesmo tempo o item será retirado da lista de estoque.

Essa praticidade e qualidade permite um avanço maior nas práticas das distribuidoras, que otimizam o tempo de trabalho dos funcionários, melhoram a comunicação e integram os diversos setores internos das distribuidoras.

Entretanto, não basta apenas a empresa escolher um software qualquer e achar que isso melhorará de vez a atuação da distribuidora no mercado. Por conta da importância dessa escolha, as empresas devem analisar diversos softwares e escolher aquele que mais se enquadra nas necessidades das empresas, ou seja, aquele que é o mais qualificado para melhorar a organização interna e as etapas de vendas.

Nesse sentido, o software GDSystem é o mais adequado para as revendedoras de gás de cozinha. Além de ser um software completo, com todas as ferramentas necessárias para atuar nas empresas de distribuição de gás, ele é o programa mais qualificado para o controle de estoque para revenda de gás. 

Ainda, o GDSystem é desenvolvido por uma empresa que oferece total suporte para as distribuidoras caso aconteça algum problema no funcionamento do software, nunca deixando a empresa na mão.

Conclusão

Podemos concluir com o artigo que o controle de estoque para revenda de gás é uma parte fundamental do processo de vendas das distribuidoras, e o controle mal definido pode trazer consequências importantes para as empresas. Dessa forma, as empresas precisam se atualizar, utilizando um software de revenda de gás, como GDSystem, fazendo com que o controle de estoque para revenda de gás seja otimizado e qualificado. 
Quer ficar por dentro do setor de distribuição de gás? Então nos siga no Instagram.

Gostou do conteúdo? Compartilhe
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on skype
Skype
Share on email
Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Índice do Conteúdo

GDS Sistemas e Soluções Práticas para sua empresa ® Todos os direitos reservados.